Mais um pouquinho de Lasar Segall

segall2escrevi aqui sobre o Museu Lasar Segall, mas como estou sempre por ali na Vila Mariana, fui de novo! Agora a exposição também era sobre Lasar Segall e também suas viagens e a mudança para o Brasil. Como havia dito no outro texto, os Klabin estão em todas e claro, Jenny Klabin, esposa de Segall, aparece nesta expo. Eis que um texto explica tudo. Jenny Klabin era uma jovem aluna das aulas de desenho de Segall. E depois de alguns anos, se reencontraram e se apaixonaram. Muita amor!
A expo é pequena, mas traz um pouco mais de detalhes sobre a vida do artista e suas intimidades. Há também alguns pertences e móveis dele e da sua família, o que nos leva a imaginar como era sua vida pelo bairro e com Jenny.

segall1

A outra expo é do fotógrafo Facundo de Zuviría, um argentino que registra imagens de portas e janelas de Buenos Aires. Para eu que amo portas e janelas, e as de Buenos Aires são interessantíssimas, foi surpreendente. Todas as imagens são em preto e branco e mostram uma cidade que já teve seu glamour e agora com a maioria de suas “tiendas” fechadas e com suas fachadas grafitadas. Uma pena, mas interessante. Deu saudade de Buenos Aires!

facundo

Museu Lasar Segall
Idas e vindas | Segal e o Brasil – até 04 de julho de 2016.
Frontalismo | Facundo de Zuviría – até 07 de março de 2016.
R. Berta, 111 – Vila Mariana, São Paulo – SP.
Entrada gratuita.

Do whatever you want, de graça!

photo-1445539962947-a7199602bd79

Fonte: Unsplash.com

Se vc gosta de tirar fotos lindas e compartilhar com todo mundo, esse é o site! Você oferece suas fotos de graça e faz uma boa ação para aquelas pessoas que precisam de imagens gratuitas para publicar, imprimir, editar e etc.
Vc se cadastra no Unsplash.com, envia suas fotos em alta qualidade, elas serão avaliadas e se forem aceitas ficarão disponíveis no site para quem quiser curtir ou baixar.
Para quem usa muitas imagens, lá vc encontra de tudo pelo mecanismo de busca: paisagens, pessoas, produtos, ambientes, comidas e etc. E o melhor é que todos que usam o site recebem a informação de que as imagens dispostas ali não estão sob licença.
Na verdade estão sob licença do Creative Commons Zero (CC0), o que quer dizer que você pode copiar, modificar, distribuir e utilizar as fotografias de graça, incluindo fins comerciais, sem pedir a permissão ou dar atribuição ao fotógrafo ou ao Unsplash.
Mesmo assim, eu sempre cito a fonte e escrevo o nome do site, para divulgar. Afinal, o que é bom deve ser compartilhado.

E como está no site: Do whatever you want!
A cada 10 dias, são colocadas 10 novas fotos! Divirta-se!